Bush fecha sua viagem pelo Oriente Médio com um discurso a Abbas

Destacou que entende a gravidade do aumento dos preços dos alimentos e que ajudará o Paquistão

EFE,

18 de maio de 2008 | 05h37

O presidente dos Estados Unidos, George W. Bush, fecha neste domingo, 18, sua viagem pelo Oriente Médio com uma nova rodada de reuniões com líderes regionais e com um discurso no qual deve respaldar ao presidente da Autoridade Nacional Palestina, Mahmoud Abbas. Bush começou sua jornada com uma reunião com o novo primeiro-ministro paquistanês, Yosef Reza Gilani, no hotel no qual em que está hospedado na cidade turística de Sharm el-Sheikh, na Península do Sinai. Após a breve reunião, Bush compareceu perante a imprensa para explicar que a conversa girou em torno dos problemas econômicos do Paquistão e à luta global contra o terrorismo. Além disso, destacou que entende a gravidade do aumento dos preços dos alimentos e que, por isso, seu Governo ajudará o Paquistão a desenvolver cultivos, como o trigo, para que possa se autoabastecer. Após sua entrevista ao paquistanês, Bush iniciou sua reunião com o rei jordaniano, Abdullah II, um de seus grandes aliados na região, e depois também receberá em seu hotel o primeiro-ministro palestino, Salam Fayyad, e ao vice-presidente xiita do Iraque, Adel Abdel Mahdi. O líder americano fechará sua jornada com um esperado discurso às 15 horas local (9 horas de Brasília) que servirá para inaugurar o Fórum Econômico Mundial para o Oriente Médio.

Tudo o que sabemos sobre:
BUSH

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.