Bush insiste: Saddam colaborava com Bin Laden

O presidente dos EUA, George W. Bush, contestou a conclusão da comissão que investiga dos atentados de 11 de setembro de 2001, de que nunca houve ?relacionamento de colaboração? entre a rede terrorista Al-Qaeda e a ditadura de Saddam Hussein no Iraque. ?havia uma relação entre Iraque a Al-Qaeda?, insistiu Bush, depois de uma reunião de seu ministério na Casa Branca. ?Esta administração nunca alegou que os ataques de 9/11 foram orquestrados entre Saddam e a Al-Qaeda?, disse ele. ?Dissemos que houve inúmeros contatos entre Saddam Hussein e a Al-Qaeda, por exemplo, agentes secretos iraquianos reuniram-se com Osama bin Laden... no Sudão?.A comissão independente de investigação disse que não há provas de que o Iraque sob Saddam cooperasse com a Al-Qaeda - uma das justificativas centrais de Bush para invadir o país árabe. Embora Bin Laden tenha pedido ajuda ao Iraque nos anos 90, o governo de Saddam nunca respondeu, segundo relatório da comissão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.