Bush lamenta a morte de Gerald Ford

O presidente dos Estados Unidos, George W. Bush, lamentou nesta quarta-feira a morte do ex-presidente Gerald Ford, a quem definiu como "um grande americano", cuja "admirável conduta" ajudou a superar um momento de "confusão nacional e divisão" no país."O presidente Ford foi um grande americano que ofereceu muitos anos de dedicado serviço a seu país", indicou Bush em um breve comunicado divulgado pela Casa Branca pouco depois de a viúva de Ford, Betty, anunciar sua morte.Bush lembrou que Ford "assumiu a Presidência em um momento de confusão nacional e divisão" e "com sua discreta integridade, seu bom senso e sua amabilidade instintiva ajudou a curar a nação e a restaurar a confiança pública na Presidência".O presidente dos EUA acrescentou que "o povo americano sempre admirará a devoção de Gerald Ford pelo dever, seu caráter e a honorável conduta de sua administração"."Choramos a perda de um líder como ele e o nosso 38º presidente sempre ocupará um lugar especial na memória da nossa nação", concluiu.

Agencia Estado,

27 de dezembro de 2006 | 04h57

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.