Bush mentiu sobre plano para o Iraque, afirma livro

O presidente americano, George W. Bush, teria mentido para o público após uma importante reunião com assessores e generais sobre o planejamento do ataque ao Iraque, realizada em 2001, dizendo que o assunto discutido tinha sido o Afeganistão, segundo o novo livro do jornalista Bob Woodward. "Neste momento estou concentrado nas operações militares no Afeganistão", disse Bush ao final da reunião de 28 de dezembro de 2001, do qual participou o então chefe do Comando Central dos Estados Unidos, general Tommy Franks, que voltara do Afeganistão."Acabamos de sair de uma teleconferência com a equipe de segurança nacional para discutir a viagem (de Franks) e o que está ocorrendo no Afeganistão." Mas, segundo o livro Plano de Ataque, na reunião Franks fez apenas um resumo das operações no Afeganistão e depois discutiu planos de ataque ao Iraque.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.