Bush parabeniza Obama por conseguir indicação democrata

Secretária de Estado dos EUA, Condoleezza Rice, afirma que nomeação do senador democrata é extraordinária

Reuters e Associated Press,

04 de junho de 2008 | 11h15

O presidente dos Estados Unidos, George W. Bush, parabenizou o senador Barack Obama por conseguir a indicação do Partido Democrata para concorrer à eleição presidencial do país, em novembro, informou a porta-voz da Casa Branca nesta quarta-feira, 4.   Obama vence e se torna o candidato democrata Próximo passo é definir o papel de Hillary na disputa Casal Clinton não perde influência, dizem analistas Cronologia da disputa entre Hillary e Obama Conheça a trajetória dos candidatos Cobertura completa das eleições nos EUA  Confira a disputa em cada Estado "O presidente Bush parabenizou o senador Obama por alcançar a indicação para presidente do Partido Democrata", disse a porta-voz Dana Perino.  "Ele sabe por experiência própria que o processo de indicação presidencial é exaustivo, e o senador Obama percorreu todo o caminho para ser o indicado do partido". Perino disse que Bush não falou pessoalmente com Obama.   Para a secretária de Estado Condoleezza Rice, a indicação de Obama pelo Partido Democrata é "extraordinária" para o país. A vitória de Obama nas primárias democratas também representa um marco para um país onde, há apenas algumas décadas, a discriminação racial era generalizada e os negros precisavam ir à luta para conseguir o direito de votar.   A republicana Rice é a funcionária negra a ocupar mais alto cargo dentro do atual governo americano. Obama, por sua vez, tornou-se o primeiro negro a disputar a presidência dos Estados Unidos por um dos dois maiores partidos do país.   Numa conversa com jornalistas na sede do Departamento de Estado, Rice declarou: "Os Estados Unidos da América são um país extraordinário. Este é um país que superou muitos e muitos anos, décadas, na verdade dois séculos tentando aperfeiçoar seus princípios. E eu penso que o que estamos vendo agora é que a expressão extraordinária 'nós, o povo' começa finalmente a ter esse significado para todos nós".   Rice também parabenizou o candidato republicano John McCain e a senadora Hillary Clinton, que perdeu a indicação democrata para Obama.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.