Bush pede "calma" a Índia e Paquistão

O presidente dos EUA, George W. Bush, disse que está muito preocupado com relação as notícias de que a Índia bombardeou esta manhã 11 postos militares do Paquistão, pela primeira vez em dez meses. "Acho que é muito importante que Índia e Paquistão se acalmem", disse Bush. O presidente disse que os EUA querem ver a redução da tensão entre Índia e Paquistão sob qualquer circunstância, mas particularmente agora. Ele observou que o secretário de Estado, Colin Powell, iniciou hoje uma viagem aos dois países para reduzir a tensão gerada pela disputa da Caxemira.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.