Bush pede desculpas a Blair por mísseis enviados a Israel

O presidente dos Estados Unidos, George W. Bush, pediu desculpas ao Reino Unido nesta sexta-feira pela falha do governo americano ao não informar às autoridades britânicas de que duas aeronaves pousaram em um aeroporto escocês carregando mísseis para Israel. Os aviões fizeram escala no país para reabastecer.A Autoridade de Aviação Civil da Grã-Bretanha investiga se os Estados Unidos passaram pelas inspeções necessárias para carregar material perigoso em dois cargueiros Airbus A310, que reabasteceram no aeroporto de Prestwick, em Glasgow, na semana passada."O presidente Bush pediu desculpas pelo fato de que os procedimentos apropriados não terem sido seguidos", disse o porta-voz do primeiro-ministro britânico, Tony Blair, depois de uma reunião entre os dois líderes em Washington. A secretária de Exterior da Grã-Bretanha, Margaret Beckett, se queixou sobre a violação dos procedimentos britânicos à secretária de Estado americana, Condoleezza Rice, durante um encontro internacional em Roma na quarta-feira.Parlamentares da oposição exigiram que Blair demandasse um pedido de desculpas do presidente americano após ficarem sabendo que as duas aeronaves carregavam mísseis 28 GBU28 guiados por laser.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.