Bush pede mais US$ 65 bi para guerras no Iraque e Afeganistão

Caso o Congresso aprove a verba de US$ 65,3 bilhões solicitada em caráter de urgência pelo presidente George W. Bush, os custos da guerra no Iraque e no Afeganistão chegarão a US$ 115 bilhões este ano para os Estados Unidos. Com o valor adicional, a guerra no Iraque e no Afeganistão terá custado aos EUA mais de US$ 400 bilhões desde o início do conflito. Além dos US$ 65,3 bilhões solicitados para a guerra e os trabalhos de reorganização política nos dois países, o governo americano pede também US$ 4,2 bilhões para o Departamento de Estado e US $ 2,9 bilhões para "serviços de inteligência e atividades de luta contra o terrorismo", segundo informou a Casa Branca em comunicado.O pedido, que o Pentágono considera que cobrirá as despesas provocadas pelos conflitos, pelo menos até o final de setembro, se soma a outros US$ 50 bilhões que o Congresso tinha aprovado em dezembro para o Iraque e o Afeganistão.Da verba solicitada, US$ 33,4 bilhões serão destinados a custos operacionais e de manutenção. A maior parte do dinheiro será aplicada na substituição de equipamentos gastos ou danificados.Além disso, US$ 15 bilhões serão destinados à compra de materiais novos, e outros US$ 9,6 bilhões a gastos com pessoal.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.