Informação para você ler, ouvir, assistir, dialogar e compartilhar!
Tenha acesso ilimitado
por R$0,30/dia!
(no plano anual de R$ 99,90)
R$ 0,30/DIA ASSINAR
No plano anual de R$ 99,90

Bush prepara 4 decretos contra sindicatos

O presidente dos EUA, George Bush, vai emitir em breve quatro ordens executivas (decretos) que visam reduzir a influência dos sindicatos de trabalhadores. A informação é de um funcionário da Casa Branca, que pediu para não ter seu nome revelado. Duas das ordens executivas em preparação restabelecem políticas que estavam em vigor no fim dos anos 80, quando o pai do atual presidente, também do Partido Republicano, ocupava a Casa Branca; elas foram revertidas no governo Bill Clinton. A primeira permite que trabalhadores sindicalizados não paguem a parcela de suas contribuições sindicais que acabam sendo usadas como contribuições políticas. Os sindicatos são os principais financiadores das campanhas do Partido Democrata. A segunda medida elimina a exigência de que contratos para obras públicas sejam dados preferencialmente a trabalhadores sindicalizados. Segundo o funcionário da Casa Branca, Bush vai assinar essa ordem a tempo de impedir que o governador de Maryland, Parris Glendening, do Partido Democrata, consiga dar a trabalhadores sindicalizados o contrato bilionário para a construção da Ponte Wilson.A terceira ordem executiva de Bush será dissolver o Conselho Nacional de Parcerias, estabelecido por Clinton para ajudar a solucionar disputas entre empresas e sindicatos. A quarta ordem vai anular um decreto de Clinton pelo qual a proteção do emprego deve ser estendida a funcionários a serviço do governo quando há mudança de empreiteira em alguma obra pública. As informações são da Dow Jones.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.