Bush presta homenagem à viúva de Luther King

O presidente George W. Bush rendeu uma homenagem em seu discurso sobre o Estado da União a Coretta Scott King, viúva do ex-líder do movimento de direitos civis Martin Luther King. Scott King morreu na terça-feira enquanto dormia. Ela tinha 78 anos de idade."Nosso país perdeu uma mulher querida, cheia de graça e valente que lembrou aos EUA os ideais de sua fundação e que manteve um nobre sonho", afirmou Bush na Câmara de Representantes durante a sessão conjunta de ambas as câmaras do Congresso, que ouviu de pé a homenagem do presidente americano.O presidente acrescentou que "esta noite nos conforta a esperança de uma reunião feliz com seu marido. Estamos agradecidos pela vida de Coretta Scott King".Embora em um primeiro momento tenha sido divulgado que ela morreu em Atlanta, localidade onde residia, a família confirmou posteriormente que Scott King morreu em uma clínica da Baixa Califórnia. Está previsto que será enterrada em Atlanta ao lado de seu marido, embora não exista por enquanto confirmação oficial.O Instituto de Saúde de Santa Monica, ao sul de San Diego (EUA), onde ela morreu, é especializado no tratamento de pacientes terminais. A viúva de King tinha problemas de saúde desde que em 16 de agosto sofreu um derrame cerebral que a deixou sem poder andar e com dificuldades para falar.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.