Bush promete "explicar" possível ação militar contra Iraque

Se o presidente George W. Bush ordenar uma ação militar contra o Iraque, ele explicará claramente sua decisão e as razões para derrubar o líder Saddam Hussein, informou a Casa Branca neste domingo. "Ele analisou claramente porque devemos empreender essas ações", afirmou o diretor de comunicação do presidente, Dan Bartlett. O governo de Bush acusa o Iraque de apoiar o terrorismo e armazenar clandestinamente armas de destruição em massa. Muitos aliados dos EUA, no entanto, resistem em participar de qualquer operação contra o Iraque, argumentando que não há provas contundentes de que o Iraque desenvolva armas nucleares, químicas e biológicas. Bush não fixou um prazo para um ataque militar ou para "nenhuma de nossas políticas a respeito do Iraque", disse Bartlett. Uma decisão final poderá nem ser tomada este ano e o mandatário se comprometeu a discutir o tema com o Congresso e os países aliados.

Agencia Estado,

18 Agosto 2002 | 14h31

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.