Bush propõe reflexão sobre Iraque após Saddam

A Casa Branca confirmou que o presidente dos EUA, George W. Bush, vai propor uma reflexão sobre como seria o governo de Bagdá após a saída de Saddam Hussein, em sua mensagem a líderes estrangeiros durante Assembléia Geral da ONU, na quinta-feira, em Nova York. O porta-voz da Casa Branca, Ari Fleischer, afirmou que Bush deve enfatizar que os EUA não pretendem criar um novo governo para Iraque. "O presidente deixará claro que não é o papel dos EUA remover líderes ao redor do mundo e que os EUA não impõem seus desejos a outras nações", declarou Fleischer.Ele disse, no entanto, que os EUA não vão se posicionar de maneira neutra. "O presidente também acredita que os EUA fazem parte da comunidade internacional e terão um papel construtivo e prestará um auxílio ombro a ombro se houver uma mudança de regime", declarou. Ao ser perguntado se Bush está, nesse momento, informando os aliados que eles terão de injetar dinheiro na reconstrução de um Iraque pós-Saddam, Fleischer afirmou que o assunto era prematuro.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.