Bush queixa-se da partida "abrupta" de tropas espanholas

O presidente dos Estados Unidos, George W. Bush, lamentou o anúncio ?abrupto?, feito pela Espanha, de que suas tropas deixarão o Iraque, e alertou o primeiro-ministro espanhol, Jose Luis Rodriguez Zapatero, para que evite tomar medidas que ofereçam um ?falso alívio para terroristas ou inimigos da liberdade no Iraque?. Bush expressou suas opiniões numa conversa telefônica com Zapatero.Segundo o secretário de imprensa da Casa Branca, Scott McClellan, a iniciativa do telefonema partiu de Zapatero e Bush ?lamentou para o presidente Zapatero a decisão de anunciar abruptamente a retirada de tropas espanholas do Iraque?. Ainda segundo McClellan, Bush ?pediu que a retirada espanhola se dê de modo coordenado e que não ponha em risco outras forças da coalizão?.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.