Bush quer acelerar entrega de poder aos iraquianos

Em uma atmosfera de urgência, o presidente George W. Buhs e seus principais assessores revisaram, hoje, novas estratégias para acelerar a transferência do poder político no Iraque. O administrador americano em Bagdá, L. Paul Bremer, disse que apresentou propostas para dar mais autonomia ao Conselho de Governo Iraquiano.?Estamos entrando num período intenso na medida que nos aproximamos de 15 de dezembro?, prazo para que o conselho estabeleça, por escrito, uma nova constituição e promova eleições democráticas no Iraque, disse Bremer.Ele deu uma entrevista fora da Casa Branca, depois de conversas urgentes com Bush e o vice-presidente Dick Cheney, numa reunião do Conselho de Segurança Nacional, a que também estiveram presentes o Secretário da Defesa, Donald H. Rumsfeld, o Secretário de Estado Colin Powell e conselheira Condoleezza Rice.?Partimos do princípio que queremos transferir autoridade aos iraquianos tão rápido quanto eles sejam capazes de assumi-la?, disse Bremer diante das câmeras de TV. ?Eles já fizeram muito progresso. Fiz propostas para transferir mais autoridade ao Conselho de Governo Iraquiano e este é o pano de fundo dessas discussões.?A urgência nas conversas foi salientada por um relatório altamente secreto da inteligência americana, demonstrando que os iraquianos estão perdendo a fé nas forças de ocupação americanas.Bremer esquivou-se de questões a respeito desse relatório. ?Acho que a situação com o público iraquiano não é fácil de quantificar?, disse.?Nós olhamos as pesquisas de opinião pública. Conversamos com as pessoas. Obviamente, os terroristas estão tentando encorajar o povo iraquiano a acreditar que os Estados Unidos não manterão a direção. Eles mataram principalmente iraquianos.?

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.