Bush quer Bin Laden morto para 11 de setembro

O presidente dos Estados Unidos, George W. Bush, que recentemente deu sinal verde para a CIA eliminar o líder iraquiano Saddam Hussein, agora quer "Osama bin Laden morto para 11 de setembro próximo", segundo o tablóide nova-iorquino The New York Post. Na data em questão, se completará um ano desde os atentados terroristas atríbuidos ao milionário saudita, que provocaram mais de 3 mil mortes em Nova York e Washington.Antecipando uma reportagem da revista Time, o tablóide afirma que as forças aliadas que lutam contra o terrorismo no Afeganistão estão programando uma "campanha de verão (boreal)" para retirar Bin Laden e seus seguidores de suas cavernas, nas montanhas entre a fronteira afegã e paquistanesa. Depois de 11 de setembro do ano passado, Bush afirmou que queria Bin Laden "vivo ou morto". Desde então, a busca pelo milionário saudita foi sem trégua, mas também sem resultado. Em dezembro de 2001, a captura ou eliminação do chefe terrorista parecia possível e até iminente, enquanto as forças lideradas pelos EUA atacavam as cavernas de Tora Bora. No início deste ano, no entanto, o próprio Pentágono admitiu que "parece que Bin Laden desapareceu".

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.