Bush quer devolução de dinheiro superfaturado no Iraque

O presidente americano, George W. Bush, disse que os Estados Unidos esperam receber de volta qualquer dinheiro que tenha sido superfaturado pela empresa Halliburton, que já foi dirigida pelo vice-presidente Dick Cheney, e que atua na reconstrução do Iraque. "Se há qualquer superfaturamento, como acreditamos que haja, esperamos que o dinheiro seja devolvido", disse Bush a jornalistas. "Fico feliz com a preocupação do Pentágono com o dinheiro do contribuinte", afirmou.Uma auditoria do Pentágono encontrou evidências de superfaturamento e outras irregularidades que chegam a dezenas de milhões de dólares em contratos de reconstrução do Iraque concedidos à Halliburton, disseram funcionários militares dos EUA.Numa das irregularidades, uma unidade da Halliburton, a Kellogg Brown and Root (KBR, encarregada de reconstruir a indústria petrolífera iraquiana), superfaturou em até US$ 61 milhões o preço da gasolina que importou do Kuwait para o Iraque, disseram as fontes, acrescentando que o Pentágono negocia com a empresa formas de resolver o problema. A KBR, porém, negou oficialmente qualquer irregularidade.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.