Bush reitera esperança de evitar guerra com Iraque

O presidente americano, George W. Bush, reiterou nesta quinta-feira a esperança de evitar uma guerra contra o Iraque, se o líder deste país, Saddam Hussein, renunciar às armas de destruição em massa que supostamente possui.Durante passeio de seis quilômetros em seu rancho em Crawford, no Texas - onde passa um período de férias - Bush respondeu a perguntas de jornalistas. Sobre a questão iraquiana, no entanto, limitou-se a repetir o que já havia dito.Destacou principalmente que a condição para evitar a guerra é que o Iraque respeite e Resolução 1.441 da ONU, de 8 de novembro, embora tenha reiterado sua desconfiança em relação a Saddam ao referir-se aos "enganos e mentiras" do regime iraquiano.Além disso, Bush expressou sua esperança de que a península coreana se torne "uma zona desnuclearizada" e recordou que Washington trabalha com seus sócios e aliados para convencer a Coréia do Norte a suspender seus próprios programas nucleares. "Nós e nossos aliados podemos exercer pressão sobre a Coréia do Norte e estamos procurando explicar claramente a Ppyongyang que a proliferação de armas de extermínio não é de seu interesse", indicou.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.