Bush reitera que Irã ainda é uma ameaça

O presidente norte-americano George W. Bush voltou a se referir ontem ao Irã como uma ameaça à paz no Oriente Médio pelas atividades de enriquecimento de urânio. "A região continua enfrentando graves desafios. Irã - e Síria - ainda apóiam o terrorismo, as atividades de enriquecimento de urânio por parte dos iranianos são uma ameaça à paz, e são muitos que, na região, continuam sofrendo opressão", afirmou. Em seu discurso, ele defendeu fortemente seus oito anos de política internacional no Oriente Médio, alegando que a região está "mais livre" e, a despeito das "frustrações e decepções", a região oferece mais liberdade, esperança e promessas do que em 2001.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.