Bush rejeita o pedido de Merkel para fechar Guantánamo

O presidente dos EUA, George W. Bush, rejeitou, nesta sexta-feira, a sugestão feita pela nova chanceler alemã, Angela Merkel, de fechar a prisão de Guantánamo, Cuba.A detenção, baseada em uma base naval dos EUA, é "necessária para a proteção dos cidadãos americanos", disse Bush.Em uma coletiva de imprensa, Merkel disse ter levantado a questão com Bush, e disse que esta era uma das diferenças entre a Alemanha e os EUA.Mas os dois líderes concordam que o Irã deva retroceder em suas ações e concordar com as negociações sobre seu programa nuclear.Os Estados Unidos, a Alemanha, e outras "nações civilizadas" necessitam "mandar uma mensagem em conjunto aos iranianos... Para que eles não venham a ter armas nucleares e tentem usar isso como forma de chantagem ou ameaça mundial", Bush disse.Bush ainda falou que é "lógico que um país recusou negociações diplomáticas deve ser encaminhado ao Conselho de Segurança das Nações Unidas". Merkel disse que os Estados Unidos, a Alemanha e os outros países "não devem se sentir intimidados pelo Irã".

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.