Bush sanciona orçamento militar recorde

O presidente dos EUA, George W. Bush, sancionou hoje o orçamento da Defesa para 2003, que prevê gastos recordes de US$ 355 bilhões e, na sua opinião, "dará às melhores Forças Armadas do mundo os instrumentos de que necessitam para ganhar a guerra contra o terrorismo".Durante uma cerimônia no Jardim das Rosas da Casa Branca, Bush afirmou que o orçamento aprovado pelo Congresso é "uma forte mensagem" aos inimigos dos Estados Unidos e da liberdade.O orçamento traz um aumento de 11% nos gastos militares, o maior desde os tempos de Ronald Reagan, e financia, entre outros, a construção de novos navios de guerra, como os caça-torpedeiros da classe Aegis, e um submarino de ataque, além de ter planos para testar e colocar em prática uma defesa antimísseis, o "escudo espacial", que receberá cerca de US$ 7 bilhões.O orçamento também inclui um aumento de 4,1% nos vencimentos dos militares.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.