Bush telefona para líderes mundiais antes de deixar cargo

Na véspera de deixar o cargo, o presidente dos Estados Unidos, George W. Bush, conversou por telefone hoje com aliados, amigos e rivais. Na conversa com alguns dos líderes mundiais, Bush disse que foi um prazer trabalhar com eles, segundo Gordon Johndroe, porta-voz da Casa Branca. De acordo com Johndroe, Bush telefonará ainda para outros líderes ao longo do dia. Bush passa o posto amanhã para o presidente eleito Barack Obama.O republicano conversou com o primeiro-ministro britânico, Gordon Brown, com o primeiro-ministro da Dinamarca, Anders Fogh Rasmussen, com o presidente da Geórgia, Mikhail Saakashvili, com os primeiros-ministros italiano, Silvio Berlusconi, o japonês, Taro Aso, e o russo, Vladimir Putin. Falou ainda com o presidente da Coreia do Sul, Lee Myung-Bak, e com o ex-presidente do México, Vicente Fox, segundo Johndroe."Bush demonstrou sua gratidão pela gentil hospitalidade de todos esses líderes com ele e a sra. Bush ao longo dos anos e disse o quanto gostou de ter trabalhado com eles ao longo de seus dois mandatos", disse Johndroe. As informações são da Dow Jones.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.