Bush une-se a pedidos de renúncia de Mugabe

O presidente americano, George W. Bush, uniu-se ontem ao grupo de líderes internacionais que pedem a renúncia do presidente do Zimbábue, Robert Mugabe. "Em todo o continente, vozes africanas emergem com bravura para dizer que já é hora de ele partir", disse Bush. Mas a União Africana defende a negociação. "Só o diálogo entre as partes pode, com o apoio da União Africana e de outros atores regionais, restaurar a paz no Zimbábue", disse o porta-voz da UA, Salva Rweyemamu.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.