Bush vai intervir na greve dos portos da Costa Oeste

O presidente norte-americano, George W. Bush, prepara-se para intervir na disputa trabalhista entre estivadores e controladores dos portos da Costa Oeste, que estão fechados há uma semana. Um conselho está sendo formado para fazer uma rápida avaliação do impacto econômico da paralisação e para determinar se as negociações estão sendo justas. As negociações foram rompidas na noite de ontem.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.