Bush volta a alertar que agirá se ONU falhar com Iraque

O presidente norte-americano George W. Bush novamente alertou que se as Nações Unidas falharem em chegar a um acordo sobre a resolução em relação ao Iraque, os EUA encabeçarão uma coalizão contra o país. A declaração ocorre no momento em que o Conselho de Segurança da ONU prepara uma nova resolução para o Iraque. Bush disse não querer tomar medidas unilaterais, mas acrescentou que não ficará com as mãos atadas."É um momento importante em nossa história, para determinar se seremos ou não uma Nação que deseja trabalhar com outras para manter a paz", afirmou. "O inimigo trouxe o campo de batalha ao nosso próprio país", disse Bush. "Este é o motivo pelo qual iniciei e estimulei a discussão sobre o Iraque. Quero que o povo americano saiba que há uma nova realidade, a realidade de que o oceano não mais nos protege", acrescentou.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.