Bustani se encontra com Lula antes de seguir a Londres

Antes de embarcar para Londres, onde assumirá a embaixadabrasileira, o diplomata José Maurício Bustani se encontrou nesta sexta-feira com o presidente Luiz Inácio Lula da Silva. Na conversa, no Palácio do Planalto, eles discutiram as conseqüências de um possível bombardeio dos Estados Unidos no Oriente Médio na economia brasileira.Em abril do ano passado, Bustani foi destituído do cargo dediretor-geral da Organização para Proscrição de Armas Químicas (Opaq) por contrariar os interesses americanos no Iraque. Bustani tentava aproximar o país de Saddam Hussein da Opaq, submetendo o regime iraquiano às inspeções das Nações Unidas.O diplomata afirmou, ao deixar o gabinete do presidente Lula, que não terá problemas para representar o Brasil na Inglaterra, país que apóia um ataque militar no Iraque. ?De todos os 145 membros da Opaq, o Reino Unido foi o país que mais cooperou comigo nos cinco anos que estive àfrente da organização.? Bustani destacou que a nova proposta apresentada pelo governo inglês, nesta semana, busca um entendimentopara evitar a guerra. ?É a mesma linha da proposta do presidente Lula de reunir os líderes mundiais genuinamente interessados em encontrar uma solução pacífica?, afirmou.?Essas duas propostas são coerentes e se completam.? O novo embaixador disse não guardar mágoas do governo Fernando Henrique Cardoso, que não se empenhou, segundo ele, para evitar seu afastamento do comando da Opaq. ?Não tenho mágoa do governo passado. É muito bom voltar aoItamaraty e voltar a trabalhar diretamente pela diplomacia brasileira?, afirmou.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.