Caça que caiu na China era norte-coreano, diz Xinhua

Um avião que caiu em um vilarejo na China nesta semana pertencia à aviação militar da Coreia do Norte e teve problemas técnicos antes da queda, informou a Xinhua, agência de notícias do governo chinês. O piloto morreu no acidente. A queda do caça de combate, que parecia ser um MIG-21, levou a especulações de que o avião seria pilotado por um desertor da empobrecida Coreia do Norte. O MIG-21 caiu em um pomar de maçãs na província de Liaoning, a 150 quilômetros da fronteira com a Coreia do Norte, na terça-feira.

AE-AP, Agência Estado

19 de agosto de 2010 | 14h41

"O avião perdeu a sua rota por causa de uma falha mecânica e caiu em território chinês", informou a Xinhua, citando fontes não especificadas do governo da China. "A investigação indica que a queda aconteceu por problemas técnicos". O piloto morreu no acidente, disse a Xinhua.

Tudo o que sabemos sobre:
ChinaCoreiasaviãoacidente

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.