REUTERS / Jose Miguel Gomez
REUTERS / Jose Miguel Gomez

Caça venezuelano cai perto da fronteira com a Colômbia

Segundo Caracas, a aeronave militar havia detectado a violação do espaço aéreo do país por um 'voo ilegal' colombiano

O Estado de S. Paulo

18 Setembro 2015 | 09h09

CARACAS - Um caça venezuelano com duas pessoas a bordo caiu perto da fronteira com a Colômbia na noite da quinta-feira 17, enquanto monitorava um "avião ilegal", supostamente colombiano, que teria sido localizado violando o espaço aéreo, informou o governo da Venezuela.

Ainda não há informação sobre se os dois pilotos a bordo da aeronave Sukhoi-30 morreram. A causa do acidente não foi determinada.

"Nossa Força Aérea continuará voando implacavelmente... para garantir nossa soberania e independência, combatendo os flagelos do narcotráfico, paramilitarismo e outros crimes cometidos na fronteira entre Colômbia e Venezuela", disse o ministro da Defesa, Vladimir Padrino, em nota. Ele acrescentou que a zona na qual a aeronave entrou ilegalmente na Venezuela era conhecia por ser usada por "máfias ligadas ao narcotráfico".

A queda acontece em meio a uma crescente tensão entre os dois países sul-americanos, após a Venezuela fechar grandes pontos nas fronteiras com a Colômbia, no que disse ser uma maniera de reprimir o crime.

O presidente venezuelano, Nicolás Maduro, fechou cruzamentos fronteiriços e deportou mais de 1.500 colombianos no mês passado. Ele culpa o tráfico pela escassez crônica venezuelana de bens básicos. /REUTERS

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.