Caçadores ilegais eletrocutam rinocerontes na Índia

Caçadores ilegais usaram eletricidade para matar dois rinocerontes unicórnios nesta sexta-feira, numa reserva natural no nordeste da Índia, no mais recente de uma série de ataques contra os animais, em risco de extinção. ?Os criminosos puxaram a partir de uma linha de transmissão de alta voltagem que cruza nossa reserva e os deixaram numa trilha conhecida de rinocerontes?, disse Chandan Bora, funcionário da Reserva Patibora, no Estado de Assam.Caçadores ilegais mataram mais de 70 rinocerontes em Assam durante os últimos quatro anos, massacrando os animais pelo chifre, que chega a ser vendido por US$ 30.000 o quilo.Assam é o lar da maior reserva mundial de rinocerontes unicórnios, com 1.800 animais. Também nesta sexta-feira, uma nota do Exército indiano informou que guerrilheiros separatistas que atuam na região envolveram-se no tráfico ilegal de espécies silvestres para financiar armas.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.