Caças israelenses sobrevoam o céu de Beirute

Aviões israelenses sobrevoaram nesta terça-feira, de formainsistente, o céu de Beirute, numa violação da resolução 1.701do Conselho de Segurança da ONU, que encerrou o conflito entreIsrael e Líbano, segundo fontes policiais. Os aviões voaram baixo em diferentes setores da capitallibanesa e especialmente nos bairros do sul, bombardeados por Israelentre 12 de julho e 14 de agosto, durante a guerra contra a milíciado Hezbollah. As fontes explicaram que os aviões sobrevoaram também o vale doBekaa, no leste do país, e áreas ao norte e sul do país, onde atua aForça Interina da ONU no Líbano (Finul). Os bairros do sul da capital, conhecidos como Dahia, o sul dopaís e o vale do Bekaa são considerados pontos fortes do grupo xiitaHezbollah. Por enquanto não houve nenhuma declaração oficial da Finul nem dogoverno libanês sobre o incidente. Os vôos ocorreram horas após o enviado da ONU Terje Roed-Larsen dizer ao Conselho de Segurança que, segundo o governo libanês, armas estão sendo contrabandeadas da Síria para o Líbano.A ONU pediu diversas vezes para Israel parar de voar sobre o Líbano, afirmando que tal ato é uma violação do cessar-fogo. Mas Israel alega que os vôos iriam continuar para evitar que o Hezbollah se rearme. O Exército de Israel se recusou a confirmar que seus aviões haviam sobrevoado beirute, afirmando que não dá detalhes operacionais.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.