Russian Defense Ministry Press Service via AP
Russian Defense Ministry Press Service via AP

Caças russos interceptam F-18 da Otan que se aproximou de avião de ministro

Aeronaves sobrevoavam águas neutras do Mar Báltico quando o jato da aliança chegou perto do modelo que levava o ministro da Defesa da Rússia, Serguei Shoigu, de Kaliningrado para Moscou

Redação, O Estado de S.Paulo

13 de agosto de 2019 | 15h08
Atualizado 13 de agosto de 2019 | 16h54

MOSCOU - Caças da Rússia interceptaram nesta terça-feira, 13, um F-18 da Organização do Tratado do Atlântico Norte (Otan), que tentou se aproximar do avião em que viajava o ministro da Defesa da Rússia, Serguei Shoigu, durante sobrevoo nas águas neutras do Mar Báltico.

A informação foi divulgada pelo Ministério da Defesa russo através de um vídeo, em que as aeronaves da Força Aérea russa solicitam que o F-18, aparentemente, com bandeira da Espanha, inicie a manobra de afastamento do avião de Shoigu, que viajava de Kaliningrado para Moscou.

"Veja, esse é o número do capacete", diz uma voz em russo no vídeo, de menos de 30s de duração.

Em junho de 2017, outra caça da Aliança Atlântica já tentou se aproximar perigosamente ao avião de Shoigu sobre as águas do Báltico, embora naquela ocasião se tratasse de um F-16 das Forças Aéreas polonesas, segundo informações da agência de notícias "Interfax".

O ministro da Defesa já havia advertido sobre os riscos do aumento dos voos dos aviões de guerra perto das fronteiras russas e do perigo representado por "provocações e incidentes militares". / EFE e REUTERS

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.