Cachorro de Meghan vive conto de fadas

O beagle Guy, que esteve perto de ser sacrificado, foi adotado pela atriz americana no Canadá e agora viverá em um castelo

O Estado de S.Paulo

18 Maio 2018 | 21h01

OTTAWA - Guy é um beagle que está vivendo um sonho. O cãozinho de 11 quilos se unirá hoje à realeza inglesa quando sua dona, Meghan Markle, se casar com o príncipe Harry.

Depois de estar perto de ser sacrificado, em 2015, após ser abandonado em uma floresta do Kentucky, Guy foi levado ao Canadá em um enorme esforço de diferentes pessoas, e foi lá que, por acaso, encontrou sua dona e “cruzou seus grandes e tristes olhos” com os de Meghan. Agora, será oficialmente recebido pela família real britânica.

“É uma vida de sonho, uma história real de mendigo a milionário”, declarou Dolores Doherty, que dirige a associação A Dog’s Dream Rescue e organizou uma cadeia humana de motoristas voluntários para levá-lo pelos 805 quilômetros para sua adoção.

O cachorro estava apenas um dia no Canadá quando Meghan, que estava morando em Toronto gravando a série de TV Suits, o viu em um evento de adoção. Ela estava procurando companhia para seu outro cachorro, Bogart, um pastor alemão, explicou Doherty.

“É adorável, com suas longas orelhas marrons, seus olhos grandes e seu corpo arredondado. Havíamos mostrado outro cachorro a Meghan que achamos que podia fazer uma boa equipe, mas ela viu Guy e imediatamente quis levá-lo para casa”, acrescentou.

Guy chegou a se tornar uma estrela do Instagram com fotografias que o mostravam passeando com Meghan pelas ruas de Toronto e se aconchegando com ela e Bogart em casa.

Guy viajou para a Inglaterra em novembro para morar com o futuro casal. Bogart estava muito idoso e fraco para fazer a viagem, e ficou com os amigos de Meghan no Canadá. / AFP

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.