Cadbury diz que valor da oferta da Kraft foi baixo

A Cadbury afirmou em uma carta aberta que recusou uma proposta de 10,2 bilhões de libras realizada recentemente pela Kraft Foods porque o valor oferecido pela companhia norte-americana foi muito baixo.

AE-DOW JONES, Agencia Estado

12 de setembro de 2009 | 18h08

"A proposta simplesmente fracassou em refletir o valor atual da Cadbury como negócio autossuficiente, as perspectivas de crescimento e as potenciais sinergias", afirmou o presidente da confeitaria britânica, Roger Carr, no documento. A oferta não solicitada da Kraft foi lançada na segunda-feira e rejeitada quase imediatamente pela Cadbury.

Carr também criticou a estrutura da oferta da Kraft. Segundo a proposta da companhia norte-americana, os acionistas da Cadbury receberiam 300 pence por ação, além de papéis da Kraft - "uma companhia com um mix de negócios consideravelmente menos concentrado e de crescimento historicamente baixo."

Além disso, segundo Carr, "a Cadbury seria absorvida pelo modelo de negócios de conglomerado de baixo crescimento da Kraft, uma perspectiva nada atraente que contrasta de forma acentuada com a nossa estratégia".

Na segunda-feira, logo após a notícia da oferta da Kraft, as ações da Cadbury subiram cerca de 40%, para 800 pence por ação, e se mantiveram perto deste valor ao longo da semana. As ações da Kraft, por outro lado, caíram. Nenhum representante da Kraft estava disponível para comentar a carta.

Tudo o que sabemos sobre:
CadburyKraft Foodsofertaaquisição

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.