Cafeína reduz risco de câncer em ratos, diz estudo

A cafeína, estimulante químico encontrado no café e no chá, provou reduzir o risco de câncer de pele em ratos de laboratório. Um estudo sugere que uma loção que contenha cafeína ou outro componente encontrado no chá verde pode reduzir em mais do que a metade o número de tumores cancerígenos na pele de ratos sem pêlo expostos a níveis elevadíssimos de radiação ultravioleta, informa o doutor Allan Conney, professor de pesquisa de câncer e leucemia da Rutgers University de New Brunswick, de New Jersey, nos EUA. "Nós tivémos uma inibição de 50% a 70% na formação de tumores nos ratos que foram tratados com cafeína ou EGCG - o outro componente", disse Conney.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.