Cafés pedem identidade para vender maconha

Os cafés de Amsterdã que vendem maconha passarão a ser obrigados a pedir a identidade dos consumidores. Além da exigência de identificação, as normas determinam que os cafés precisam estar a pelo menos 250 metros de distância de escolas. Também foram criadas áreas de proibição do consumo, apesar da liberação no país.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.