Cai apoio à Guerra do Iraque nos EUA, aponta enquete

Apoio ao conflito se encontra em 30%, número mais baixo desde a primeira consulta

Agencia Estado

27 Junho 2007 | 14h43

O apoio dos americanos à Guerra do Iraque continua em queda, segundo uma enquete divulgada na terça-feira, 26, pela rede de televisão CNN. A pesquisa aponta que o índice começou a diminuir também entre os membros do Partido Republicano, do presidente George W. Bush.A enquete realizada entre sexta-feira e domingo revela que o apoio ao conflito se encontra em 30%, o número mais baixo desde a primeira consulta sobre o tema. O índice é de apenas 38% entre os republicanos consultados na pesquisa, que tem uma margem de erro de três pontos percentuais.A empresa Opinion Research Corporation, responsável pela pesquisa, disse que 69% dos 1.029 consultados consideraram ruim a situação no Iraque. Só 17% apoiaram a intervenção militar, e 54% opinaram que as operações americanas no Iraque não têm justificativa moral.Além disso, para 63% o governo dos Estados Unidos deveria ordenar a retirada de pelo menos parte de seu contingente militar no Iraque. Entre os republicanos consultados, 42% disseram estar de acordo com uma ordem de retirada.Desde o início do conflito, em março de 2003, o presidente Bush contava com um sólido apoio de seu partido. Quando o Congresso submeteu a votação uma proposta para estabelecer prazos para uma retirada, só dois republicanos na Câmara de Representantes e dois no Senado apoiaram a medida.No entanto, o apoio do partido parece estar diminuindo. Na segunda-feira, o senador republicano Richard Lugar pediu a Bush uma mudança de estratégia no Iraque. Ele afirmou que "o custo e os riscos do curso atual superam os benefícios".

Mais conteúdo sobre:
IraqueguerrapesquisaEUA

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.