Cai apoio aos dois principais partidos da Grécia

A popularidade dos dois principais partidos da Grécia, que apoiam o atual governo interino do país, continua em níveis extremamente baixos à medida que os eleitores migram para agremiações menores de esquerda e direita, segundo duas pesquisas de opinião divulgadas neste sábado.

SERGIO CALDAS, Agência Estado

07 de abril de 2012 | 17h36

Juntos, os socialistas do Pasok e os conservadores da Nova Democracia conquistariam 34,3% dos votos se o país realizasse eleições hoje, indicou uma pesquisa publicada no jornal Proto Thema. Outro levantamento, do diário Ethnos, mostra que os dois partidos teriam uma votação ainda menor, de apenas 23,1%.

Os números sugerem que o resultado das próximas eleições será disperso, o que exigiria a formação de um governo de coalizão para levar adiante às mudanças necessárias para a Grécia se qualificar a um novo pacote de ajuda, no valor de ? 130 bilhões (US$ 170,2 bilhões), de credores internacionais.

Embora ainda não haja uma data oficial, espera-se que a Grécia realize eleições nas próximas semanas, provavelmente no dia 6 de maio.

A pesquisa do Proto Tema, realizada no período de 3 a 5 de abril, mostra que a Nova Democracia obteria 20,5% dos votos e o Pasok, 13,8%, enquanto outros cinco partidos também conseguiriam representação no Parlamento.

Em relação aos partidos esquerdistas, abertamente contrários às medidas de austeridade do governo, o stalinista KKE aparece com 7,5% dos votos na pesquisa, o recém-formado Esquerda Democrática com 6,7% e a Coalizão da Esquerda com 7,4%. Quanto aos partidos de direita, o mesmo levantamento revela que os Gregos Independentes teriam 6,5% da votação e o Laos, 2,9%, ligeiramente abaixo do mínimo necessário para garantir assentos no Parlamento. As informações são da Dow Jones.

Tudo o que sabemos sobre:
Gréciapartidos

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.