Calderón substitui polêmico escudo nacional usado por Fox

O novo presidente do México, Felipe Calderón, anunciou nesta segunda-feira a substituição do escudo nacional que seu antecessor, Vicente Fox, utilizou durante sua gestão, e que causou polêmica no país.Num ato oficial na residência presidencial dos Pinheiros, Calderón apresentou o novo emblema, que restabelece "o escudo nacional original com seu realismo, colorido e grandeza", disse.Em 2000, durante seu primeiro ano de mandato, Fox cortou a imagem ao meio para dar um toque mais moderno e artístico. Ficaram de fora o nome do país, o "nopal" (cacto), a pedra na qual está pousada a águia, e a base com folhas de louro e azinheira. O presidente usou a imagem no logotipo de sua administração.A Câmara dos Deputados do México chegou a solicitar em 2002 ao governo de Fox que retirasse seu logotipo dos impressos oficiais porque violava a Lei sobre o Escudo, a Bandeira e o Hino Nacional.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.