Califórnia confirma mais 4 casos de gripe suína

Mais quatro casos de gripe suína foram confirmados hoje na Califórnia, com as autoridades locais lançando um plano de ação de emergência para lidar com o surto que pode ter matado 149 pessoas no México. O total de infectados no Estado subiu para 11, segundo afirmou Gil Chavez, vice-diretor do Centro para Doenças Infecciosas da Califórnia, com mais outros dois casos esperando confirmação. Os dados atualizados elevam o total de casos confirmados de gripe suína nos Estados Unidos para 44, depois do Centro para Controle e Prevenção de Doenças dos EUA (CDC, na sigla em inglês) ter anunciado um total de 40 infectados.

AE, Agencia Estado

27 de abril de 2009 | 20h54

"O resultado é que estamos preparados", disse o governador da Califórnia, Arnold Schwarzenegger, enquanto anunciava o estabelecimento de um centro de operações de emergência reunindo várias agências. "A segurança do público é nossa prioridade número um", acrescentou o governador. Três dos novos casos confirmados na Califórnia são de moradores de San Diego e Imperial County, na fronteira com o México. O outro caso é um estudante de uma escola em Sacramento, no norte do Estado.

A escola católica St.Mel foi fechada depois que um estudante ficou doente apresentando os sintomas da gripe suína, afirmaram as autoridades de saúde de Sacramento. St.Mel, com cerca de 275 alunos, deverá permanecer fechada até quarta-feira. O estudante no centro de alerta de saúde não foi identificado e as autoridades de saúde disseram que ele não tinha viajado ao México, mas outro aluno esteve no país durante o feriado de Páscoa.

No Aeroporto Internacional de Los Angeles - onde 45 voos do México pousam diariamente - os banheiros foram desinfetados e outras medidas foram tomadas para tentar conter a disseminação da doença. As informações são da Dow Jones.

Tudo o que sabemos sobre:
gripe suínaEUACalifórnia

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.