Califórnia passa a exigir benefícios para homossexuais

As empresas da Califórnia que queiram obter contratos com o Estado terão de conceder aos casais formados por pessoas do mesmo sexo os mesmos benefícios que dão aos heterossexuais. A lei, que entrará em vigor em 2007, transformará a Califórnia no primeiro Estado americano a fazer tal exigência.O atual governador Gray Davis sancionou a nova lei, que havia sido objeto de reivindicação dos grupos defensores dos direitos dos homossexuais. O diretor-executivo do grupo Equality California, Geoff Kors, classificou a medida de "incrivelmente significativa".Em 1996, São Francisco foi o primeiro município dos Estados Unidos a exigir que as empresas ofereçam benefícios aos casais gays. Outras cidades seguiram o exemplo e a Califórnia agora passa a ser o primeiro Estado do país a contar com tal lei, que foi aprovada na Assembléia Legislativa no início deste ano.Davis foi destituído pelo voto popular no último dia 7, mas continuará no poder até que sejam conhecidos os resultados oficiais da eleição, também chamada de "recall".

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.