Califórnia pretende reduzir consumo de energia

Sempra Energy´s San DiegoGas & Eletric revelou um planejamento para reduzir os constantesapagões no Estado da Califórnia (Estados Unidos) no período doverão, que vai de junho a agosto naquele país. Num comunicado, a companhia informou que o programa envolve oincentivo para que usuários usem seus próprios geradores deenergia. O custo do projeto foi orçado pela empresa em US$ 15milhões. A SDG&E tentará usar parte dos US$ 25 milhõesdisponibilizados pela Comissão de Utilidades Públicas daCalifórnia para reduzir a demanda de energia. A empresa entroucom pedido na comissão para a aprovação do programa, que deveráser implementado ainda n este mês. Para implantar o programa, a SDG&E deve receber ocomprometimento dos clientes de que concordam em ligar seuspróprios geradores durante o terceiro estágio de emergênciaprevisto pelas autoridades da Califórnia. "A disposição dosclientes em participar t em sido grande, se alguns incentivosforem dados como compensação", informou a companhia. Aexpectativa é de que o programa gere um adicional de 50megawatts na região de San Diego. A SDG&E é a terceira maior fornecedora de energia do Estadoda Califórnia. A maior é a Pacific Gas and Eletric, em processode falência. As provedoras de energia da Califórnia, incluindo aEdison International foram atingidas por um grande aumento depreços nos custos de energia em 1996. Como conseqüência, aregião sofre com problemas de fornecimento de energia desdeentão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.