Calor causa mortes e incêndios na Austrália

A onda de calor que nos últimos três dias atingiu o sul da Austrália, com temperaturas que chegaram a 48ºC no Estado de Victoria, provocou a morte de seis pessoas em Melbourne, segunda maior cidade do país. As autoridades afirmam que outras 22 mortes súbitas de idosos podem ter ocorrido pelo mesmo motivo. Os incêndios, causados pelo calor, destruíram 6 mil hectares de florestas e 15 casas em Melbourne , além de provocar um blecaute que afetou 500 mil residências.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.