Calor fez 23 mortes no Paquistão nas últimas 24 horas

Uma onda de calor deixou pelo menos 23 mortos nas últimas 24 horas na província paquistanesa do Punjab, disseram nesta terça-feira fontes oficiais. Com estas novas vítimas, as vítimas da onda de calor em Punjab já passam de 50 desde que as altas temperaturas começaram no início de maio.Nos últimos dias, as temperaturas chegaram a 48 graus na maior parte dos distritos de Punjab, o que levou os donos de muitas lojas a fecharem seus negócios durante a tarde. Além disso, diminuiu o comparecimento de alunos a colégios e universidades.O ministro da Saúde do Paquistão, Tahir Ali Javed, disse à Efe que a maior parte das vítimas pertence a áreas rurais da província.ClimaO departamento de Meteorologia prevê que as temperaturas continuarão altas e o clima seco e quente nas próximas 24 horas no sul do Punjab.No ano passado, cerca de 200 pessoas morreram por causa do calor no Paquistão, mas as altas temperaturas não chegaram ao país até o início do mês de junho.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.