Câmara abre caminho para volta de Uribe em 2014

Deputados colombianos aprovaram ontem, em primeira votação, a possibilidade de reeleição presidencial. A atual Constituição permite apenas uma reeleição imediata. Por 26 votos a 1, a Comissão I da Câmara, que trata de temas constitucionais, aprovou o projeto que prevê que um presidente já reeleito possa, após um período de governo de outro político, voltar a disputar o cargo. O projeto ainda passará por outros debates e votações na Câmara dos Deputados e no Senado.O texto abre caminho para o presidente Álvaro Uribe buscar um terceiro mandato, em 2014. Uribe obteve o direito de se reeleger após uma reforma constitucional em 2005, e venceu as eleições no ano seguinte. O presidente é sempre evasivo ao tratar do tema da reeleição. A iniciativa da nova reeleição foi apresentada por partidários de Uribe e recebeu o respaldo de mais de quatro milhões de assinaturas recolhidas pelo país. A iniciativa prevê um referendo sobre o tema.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.