Câmara dos EUA rejeita normalização de relações com Vietnã

A Câmara de Representantes dos Estados Unidos rejeitou um projeto de lei para normalizar as relações comerciais com o Vietnã, informaram fontes oficiais. A rejeição da proposta ocorreu a quatro dias de uma visita ao país do presidente George W. Bush. Ele pretendia formalizar o acordo em Hanói, no próximo fim de semana, durante a cúpula anual do grupo do Fórum de Cooperação Econômica Ásia-Pacífico. A iniciativa não conseguiu os dois terços dos votos necessários e só recebeu 228, contra 161, disseram fontes legislativas. Os dois terços eram necessários para acelerar a aprovação. Agora, fontes do Comitê de Meios e Arbítrios explicam que o tema voltará a ser examinado na próxima Quarta-feira. Pelo procedimento normal, a iniciativa só precisará da aprovação de uma maioria simples. Caso seja aprovado, o projeto vai ao Senado, onde enfrenta a oposição de alguns legisladores. Eles exigem a aplicação de tarifas especiais ao Vietnã, se for comprovado que o país vende seus produtos têxteis a preços muito baixos. O projeto tem como objetivo completar o processo de normalização das relações comerciais com o Vietnã, 31 anos depois da guerra.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.