Câmara investigará morte de opositores

O assassinato de dois militantes de Henrique Capriles, no sábado, em Barinitas, no Estado de Barinas, será investigada por deputados governistas e da oposição, informou ontem o jornal El Nacional, da Venezuela. Também ontem, a Justiça decretou a prisão de Enmanuel Reyes, de 22 anos, acusado de matar os dois homens durante um comício.

O Estado de S.Paulo

04 de outubro de 2012 | 03h01

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.