Câmara russa aprova mandato presidencial de 6 anos

A Câmara dos Deputados da Rússia aprovou hoje a prorrogação do mandato presidencial de quatro para seis anos. As mudanças foram aprovadas por 388 votos a favor e 58 contra. O presidente Dmitry Medvedev enviou a proposta ao Parlamento no início desta semana. Com a alteração, que não vale para o atual governo, o primeiro-ministro Vladimir Putin poderia voltar à presidência e permanecer por 12 anos no cargo.Ainda bastante popular no país, Putin não poderia ficar no poder por um terceiro mandato. Ele deixou a presidência em maio, apontando Medvedev como seu sucessor. Com o importante apoio, Medvedev venceu as eleições. Putin então assumiu o cargo de primeiro-ministro.O próprio Putin, porém, negou anteriormente que a alteração no tempo do mandato seja para favorecê-lo, mas que a intenção é fortalecer a democracia no país. As informações são da Dow Jones.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.