Informação para você ler, ouvir, assistir, dialogar e compartilhar!
Estadão Digital
Apenas R$99,90/ano
APENAS R$99,90/ANO APROVEITE

Camboja pede ajuda para vacinar gado contra aftosa

Um diretor do Ministério da Saúde cambojano pediu ajuda econômica internacional para a vacinação do gado no noroeste do país, onde um surto de febre aftosa matou 24 vacas e búfalos em maio."Os agricultores e o Ministério não têm dinheiro suficiente para vacinar os animais. Precisamos de ajuda externa para implantar um programa de segurança para os animais", disse Heng Bun Hor, diretor do Ministério da Saúde na província de Banteay Meanchey, na fronteira com a Tailândia.Segundo o funcionário, há cerca de cem mil cabeças de gado e búfalos na província e a vacina, que deve ser injetada duas vezes ao ano, custa aproximadamente US$ 2, quantia que os agricultores não têm."O surto também é preocupante, já que ocorre no início da estação de semeio e os fazendeiros precisam dos seus animais", explicou Hor.Camboja exporta gado bovino, principalmente para Malásia e Tailândia, mercado que pode suspender as importações após o surto registrado em Banteay Meanchey.Outro foco de aftosa foi detectado no início do mês nos arredores de Pnhom Penh e foi controlado depois que os animais foram vacinados.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.