Câmeras captam tiroteio em estação do metrô no México

Um policial e um passageiro foram mortos durante o incidente e o atirador acabou preso

BBC Brasil, BBC

19 de setembro de 2009 | 09h06

Duas pessoas foram mortas e seis ficaram feridas após um tiroteio dentro de uma estação do metrô da Cidade do México no final da tarde desta sexta-feira. O incidente foi captado pelas câmeras de segurança da estação Balderas, próxima à feira de artesanato da Ciutadela.

As imagens mostram um homem sacando uma arma ao ser confrontado pela polícia. O homem, identificado pela polícia como Luis Felipe Hernandez Castillo, de 38 anos, estaria grafitando uma das paredes da estação no momento do incidente.

Um passageiro ainda tentou, em vão, tirar a pistola da mão do atirador, que se refugiou então em um vagão e começou a atirar.

 

Protesto

Segundo testemunhas, enquanto disparava, ele teria gritado que seu protesto era contra o governo. Um policial e um passageiro acabaram mortos. Hernandez Castillo foi preso.

Após o incidente, a polícia anunciou que reforçará a segurança das estações do metrô da Cidade do México com mais mil policiais e que fará revistas aleatórias entre os passageiros.

A estação de Balderas, onde ocorreu o incidente, é uma das mais movimentadas da extensa rede de metrô da Cidade do México, onde vivem mais de 18 milhões de pessoas.

 

BBC Brasil - Todos os direitos reservados. É proibido todo tipo de reprodução sem autorização por escrito da BBC.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.