Cameron diz que Osborne continua no cargo

O primeiro-ministro do Reino Unido, David Cameron, rejeitou as especulações de que irá substituir George Osborne, o ministro das Finanças. Os rumores são causados por uma série de mudanças na política econômica e pouco crescimento do PIB.

AE, Agência Estado

02 de agosto de 2012 | 14h38

"Ele não vai a lugar nenhum", afirmou Cameron em entrevista para a rede de TV Sky News, garantindo que o ministro ainda estará no cargo quando acontecer a próxima eleição geral, prevista para 2015.

"George Osborne está fazendo um trabalho excelente em circunstâncias muito difíceis e tem meu total apoio para prosseguir", disse o primeiro-ministro sobre seu aliado próximo.

Já espera-se que nos próximos meses Cameron realize mudanças em seu gabinete. A oposição afirma que as medidas de austeridade implementadas por Osborne, que visam reduzir o déficit público, estão impedindo o crescimento. As informações são da Dow Jones.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.