Cameron pede ação da ONU contra ditaduras

O primeiro-ministro britânico, David Cameron, pediu que a ONU esteja pronta para tomar medidas contra regimes opressivos no mundo. Cameron disse que a primavera árabe e o conflito na Líbia demonstraram que a ONU precisava de "um novo modo de agir". "Deixar de agir é fracassar com aqueles que precisam de nossa ajuda", afirmou o premiê.

O Estado de S.Paulo

23 Setembro 2011 | 03h03

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.